Telemóveis com carregamentos (menos) obrigatórios

Grupo Marktest,  20 outubro 2005

Segundo os resultados do Barómetro de Telecomunicações da Marktest, a posse de telemóveis de cartão recarregável com carregamentos obrigatórios é o mais comum entre os portugueses com idades compreendidas entre os 15 e os 64 anos, mas a situação está a mudar.

Uma análise evolutiva dos resultados deste estudo, mostra que tem havido uma aproximação entre a percentagem de possuidores de cartões com carregamentos obrigatórios e a percentagem dos que possuem cartões com carregamentos não obrigatórios.

De facto, tem-se assistido a um aumento do número de indivíduos com cartões sem carregamentos obrigatórios, em detrimento dos cartões de carregamento obrigatório, que tem vindo a baixar.

O carregamento obrigatório é, no entanto, o tipo de contrato mais frequente entre os possuidores de telemóvel. No trimestre de Abril-Junho de 2005, 43.9% destes indivíduos possui este tipo de contrato. A percentagem dos que possuem cartão sem carregamentos obrigatórios ascende, na mesma data, a 37.3%, mostrando assim uma grande aproximação entre estas duas situações.

Em conjunto, os cartões recarregáveis representam 81.2% do total de contratos existentes. A assinatura mensal abrange 14.5% dos possuidores de telemóvel e o pacote de minutos representa 2.6% em 2005. A posse de assinatura mensal tem mostrado uma tendência decrescente nos últimos anos, embora em 2005 tenha assistido a uma subida. Os pacotes de minutos têm, pelo seu lado, mantido uma relativa estabilidade ao longo do período em análise.

A análise teve como base indicadores do estudo Barómetro de Telecomunicações da Marktest, para o trimestre móvel de Junho de 2005. O universo em análise compreende os residentes em Portugal com idades entre os 15 e os 64 anos. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais

  • Portugal Smart Cities Summit

    Esta exposição tecnológica (que tem o apoio institucional do Ministério da Economia, do Ministério do Ambiente e do Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como do Secretário de Estado da Energia), conta com a participação de Municípios, Startups, PMEs e Universidades.

    22 a 24 de setembro de 2020

    Fundação AIP

    FIL, Parque das Nações, Lisboa

    elisabete.martins@ccl.fil.pt

  • ONSeries Lisboa

    Nesta mostra de conteúdos televisivos de ficção nacional, estarão presentes potenciais compradores de todo o mundo.

    28 e 29 de setembro de 2020

    Inside Content

    Centro Cultural de Belém, Lisboa