Banda larga cresce nos EUA
Grupo Marktest,  18 novembro 2004

placeholderNo terceiro trimestre de 2004 os fornecedores de internet em banda larga nos Estados Unidos registaram um número recorde de 2,3 milhões de novos subscritores, de acordo com um estudo da Leichtman Research Group, Inc. (LRG).

Segundo a empresa, especializada em pesquisa e consultadoria do impacto da adopção de produtos e serviços em banda larga, nos EUA haverá cerca de 31 milhões de subscritores de acesso à internet em banda larga, 60.7% através de cabo (18,8 milhões de clientes) e 39.3% através de DSL (12,2 milhões de clientes).

Numa altura em que o crescimento da banda larga parecia estar a estagnar, o terceiro trimestre deste ano veio mostrar um número recorde de 2,3 milhões de novos subscritores do serviço, contrariando assim os resultados do trimestre anterior.

O crescimento acontece como resposta dos operadores aos sinais de baixa do trimestre anterior, com a oferta de descontos na adesão aos serviços e a aposta nos estudantes como um dos targets preferenciais.

A Comcast é o maior operador de banda larga nos Estados Unidos, com 6,6 milhões de clientes no serviço cabo, o que representa 34.9% do mercado de cabo e 21.2% do mercado global de banda larga. A Time Warner é o segundo maior operador de cabo, com 3,7 milhões de clientes, um share de 19.8% no mercado de cabo e 12% no global.

A SBC é o maior operador de DSL, com 4,7 milhões de clientes, valor que representa 38.4% do mercado de DSL e 15.1% do mercado total de banda larga. O segundo maior operador de DSL é a Verizon, com 3,3 milhões de clientes, 26.7% do serviço de DSL e 10.5% do mercado de banda larga.

placeholder

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais