Mais portugueses com conta ordenado

Os dados do estudo Basef Banca da Marktest mostram que o número de portugueses com conta ordenado tem aumentado nos últimos anos.

Grupo Marktest,  5 setembro 2006

Na primeira vaga de 2006, o Basef Banca contabiliza 1 378 mil possuidores deste tipo de conta, um valor que corresponde a 25.4% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos que possuem conta bancária.

O número dos bancarizados que possuem conta ordenado tem aumentado desde 2000. Depois de uma quebra verificada entre 2000 e 2001, tem crescido sistematicamente o número dos possuidores deste tipo de conta bancária. Entre estes dois momentos, a variação foi de mais 18.7%.

Na análise da penetração desta conta pelos vários targets, vemos que a idade é a variável que mais influencia a posse deste produto, pois são os indivíduos entre os 25 e os 54 anos os que apresentam os valores mais elevados.

A ocupação é também uma variável diferenciadora, revelando comportamentos heterogéneos. Os empregados dos serviços, comércio e administrativos são os apresentam maior taxa de posse de conta ordenado, com 48.6%, seguidos pelos quadros médios e superiores, com 45.7%.

A probabilidade de encontrar possuidores de conta ordenado é maior entre os os indivíduos dos 35 aos 44 anos - 41.6% deles possui estas contas, contrariamente aos 4.4% observados junto dos indivíduos com mais de 64 anos.

Entre os sexos, também se verificam diferenças, sendo nos homens maior a taxa dos que possui este tipo de conta.

Por região, o Interior Norte e o Sul apresentam valores abaixo da média.

Esta análise foi realizada com base nos resultados da primeira vaga de 2006 do estudo Basef Banca da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais