Classes mais altas preferem hipermercados

Grupo Marktest,  9 fevereiro 2006

De acordo com os resultados de 2005 do MRI - Marktest Retail Index, cerca de 40,5% do valor despendido pela classe social alta e média alta em bens de consumo corrente para o lar é gasto em hipermercados, sendo neste tipo de loja que esta classe social gasta a maior percentagem do seu orçamento para as compras do lar.

As classes sociais média e baixa despendem a maior percentagem de valor gasto em compras para o lar nos supermercados. Do total de gastos efectuados nestas compras pelos lares da classe social média, 37.8% foi realizado nos supermercados. Nos lares das classes média baixa e baixa, 39.7% dos gastos em compras para o lar foram feitos neste tipo de lojas.

É também a classe social mais baixa que despende uma percentagem mais elevada do seu orçamento em mercearias e nos outros tipos de estabelecimentos, 7.2% e 13.9%, respectivamente.

O supermercado é a loja, entre as apresentadas nesta análise, que absorve mais de 35% do orçamento das famílias em 2005, independentemente da classe social em análise.

Esta análise tem como base informação do estudo Marktest Retail Index, que mensalmente recolhe junto de um painel de 3000 famílias do Continente todas as informações que permitem caracterizar o seu comportamento relativamente às compras. Contacte-nos se pretende obter mais informações sobre este estudo.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais